Tecnologia no Varejo

Tecnologia no varejo: a protagonista do seu negócio!

Tecnologia no varejo: a protagonista do seu negócio! 600 300 Ana Arantes

Tecnologia no Varejo

Os varejistas estão compreendendo melhor as mudanças no comportamento do consumidor. E, assim, adaptando suas estratégias ao novo mercado.

Ele é definido por lojas que são, agora, locais de experimentação, descoberta, exploração. Que eliminam as fronteiras com o digital e, por isso, precisam oferecer expertise, conhecimento de causa. Assim, conseguem justificar o tempo dos clientes.

Dessa forma, o varejo é omnichannel e os consumidores digitais, chamados de omnishoppers, são parte de um novo padrão de comportamento de consumo. Hoje, são definidos por conhecerem globalmente o mercado e compararem todas as possíveis vantagens oferecidas pelas marcas.

Esse cliente, além de estar já acostumado com recursos que uma loja física oferece, como atendimento personalizado e entrega imediata do produto, já também está familiarizado à rapidez e à quantidade de ofertas da internet.

A tecnologia no varejo chegou para ficar!

Uma pesquisa feita com 6.000 clientes e 500 executivos do segmento revelou que um terço das pessoas prefere qualquer coisa a ter que ir a uma loja física para fazer compras.

Nesse sentido, algumas expectativas dos consumidores em relação às lojas são:

Possibilidade de verificar a disponibilidade de um produto antes de ir ao estabelecimento;
Entrega dos produtos comprados no mesmo dia;
Possibilidade de tocar e sentir a mercadoria;
Ganho de pontos de fidelidade por gastar tempo na loja e revisitá-la;
Consulta prévia a especialistas do estabelecimento para atender às suas necessidades;
Descontos com funcionários da loja.

Ficou claro para você como a tecnologia no varejo está mudando o sue negócio?

Entenda a importância que tecnologia no varejo assumiu

Varejo e tecnologia nunca andaram tão próximos. E se você não entender isso, vai ficar para traz!

Como a transformação digital e a tecnologia no varejo pode satisfazer os novos consumidores?

A tecnologia e a transformação digital são alternativas para a melhoria da experiência do consumidor nas lojas físicas. As pesquisas mostram que:

Mais da metade das pessoas que frequentam redes de lojas que aderiram à transformação digital, mostraram-se satisfeitos e fiéis.

A inteligência artificial e Big Data também estão sendo usados como artifícios para criação da experiência de compra personalizada do cliente na loja física, e-commerce ou outro canal. Assim, consequentemente, se aumentará a fidelização.

A robótica chega mais barata e humanizada ao varejo. Seja para a vigilância e monitoramento ou para primeiro atendimento ao cliente, entre outras aplicações.

Outra tecnologia no varejo que vem ganhando grande destaque é a realidade virtual.

Ela vem sendo utilizada como estratégia transformadora, inclusive para os canais de e-commerce. Dessa forma, o e-commerce se consolidou como peça chave da transformação do varejo, agregando cada vez maiores parcelas nas vendas totais.

Softwares que fazem a gestão de todo processo de redes de loja do varejo, e possibilitam a unificação e otimização das informações dos consumidores, são grandes aliados destes varejistas.

Exemplo disso é o processo de precificação através de promoções dinâmicas. Para isso, são usadas variáveis definidas, como horário, estoque, e dia da semana, que definem padrões.

Assim, através da Inteligência artificial, se promovem e alavancam as vendas, utilizando o que há de mais moderno em “Machine Learning”. Ou seja o aprendizado automático, o reconhecimento de padrões e da teoria do aprendizado computacional em inteligência artificial.

Estudo classifica o digital é o “novo básico” do varejo

A consultoria nacional E-Consulting Corp. realizou um estudo com grandes empresas do varejo e analisaram quais são os destaques no setor quando falamos de Transformação Digital.

“Não é só adquirir novas tecnologias. É saber adotar”

Diz Daniel Domeneghetti, CEO da E-Consulting e responsável pelo estudo “Régua da Transformação Digital no Varejo”.

A pesquisa afirmou que a transformação digital é o “novo básico” do varejo. E dentro de algum tempo, o e-commerce não será mais vanguardismo.

“O digital é o novo básico para o varejo. Por isso, a inovação estará ligada em trazer estes benefícios no dia a dia e no relacionamento com o cliente. E essa virada vai acontecer por meio de novas competências, como prototipação, design, experiência de compra, jornada, experimentação, analytics, Big Data, cloud, as a service, conexão, simultaneidade, algoritmos, colaboração e integração”.

Assim pontua o executivo.

A Netshoes foi considerada a organização com mais evidências e elementos ligados à Transformação Digital. Isso, devido à sua atuação em marketplaces B2B, Blockchain em seu modelo de gestão, ofertas e serviços nativos digitais com foco na melhor jornada de compra do consumidor e inserir inovação colaborativa.

A Netshoes vem seguida por B2W, Home Refil, Supermercado Now e Grupo Pão de Açúcar – GPA .

Com uma estratégia bem definida, a tecnologia no varejos é a única forma de atender à todas essas expectativas do consumidor moderno.

Como dissemos: varejo e tecnologia estão unidos mais do que nunca!

Nérus é um sistema ERP para varejo desenvolvido por especialistas no assunto. Com ele você conta com uma série de recurso exclusivos e totalmente adaptáveis ao seu negócio. Além disso, o acesso é pela nuvem, garantindo mais mobilidade e excelente custo benefício.

Conheça a série de e-books gratuitos Nérus e comece a pensar a Transformação Digital no varejo. O primeiro deles revela o poderoso “Cliente 4.0”. Baixe agora!

Compartilhe