6 dicas para vender no Natal de 2019 e superar metas!

6 dicas para vender no Natal de 2019 e superar metas! 600 350 Higor Brion

O varejo brasileiro deve registrar o maior crescimento de vendas de Natal em 2019 dos últimos 6 anos, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Para aproveitar as previsões otimistas deste período, é essencial se preparar. Confira as 6 dicas para vender no Natal que listamos para você!

De acordo com os dados da CNC, a expectativa para este final de ano é arrecadar 4,8% a mais do que no ano passado. Segundo a Confederação, 4 fatores contribuíram para essa perspectiva positiva:

  • Inflação baixa;
  • Maiores prazos de crédito para o consumidor;
  • Liberação de recursos como Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS) e Pis/Pasep e Melhora no mercado de trabalho.

Mas as boas previsões não garantem por si só o aumento de vendas no seu negócio. Para aumentar as vendas no Natal 2019, é importante levar em conta uma série de fatores e investir em ações que vão te ajudar a alavancar as vendas.

Para ajudar seu varejo a se preparar para o final de ano, listamos 6 dicas para vender no Natal:

6 dicas para vender no Natal 

Cerca de 77% dos consumidores vão presentear alguém no Natal deste ano, segundo pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). 

Isso significa que 119,8 milhões de brasileiros devem ir às compras este ano e que R$ 60 bilhões serão inseridos na economia nas áreas de comércio e serviços devido às vendas de Natal em 2019. O seu negócio não pode ficar de fora! Veja as nossas dicas e conheça algumas ações para vender mais no Natal.

1. Organizar o estoque

Ter um bom controle de estoque é uma estratégia fundamental se você quer aumentar as vendas no Natal. É muito comum não ter a dimensão exata das vendas de fim de ano e como elas podem impactar no estoque. Isso pode fazer com que você fique com pouca mercadoria numa época com muita demanda. 

Antecipe-se, pesquise quais são os artigos que estão sendo mais procurados pelos consumidores e negocie com os fornecedores para garantir o estoque dos itens de maior giro. 

2. Prepare a sua equipe

Nesta época, o fluxo de consumidores aumenta muito e é essencial ter uma equipe de vendas que possa atender a essa demanda. 

Contrate mais vendedores, invista em treinamento e campanhas motivacionais. Prepare os atendentes e funcionários para que ofereçam um atendimento personalizado e que busquem solucionar as dúvidas e as demandas do consumidor. Um bom atendimento é fundamental para fidelizar o cliente.

3. Invista em divulgação 

Para chamar a atenção dos clientes nesta época do ano em que a concorrência é tão acirrada, investir em divulgação é fundamental. Para isso, não deixe de lado nem o marketing tradicional nem o marketing digital

Invista em ações como panfletagem, carro de som e decoração da fachada da loja, principalmente se você tem uma loja física. Mas também é importante investir pesado na divulgação pela internet. 

A forma como consumimos está se modificando e precisamos nos adaptar a isso. Invista em publicidades para redes sociais e trabalhe com marketing digital. Essas ações vão alavancar as suas vendas.

4. Facilite o pagamento

Outra dica para vender no Natal é conseguir as melhores possibilidades de fechamento das vendas. Para isso é importante oferecer facilidades nas modalidades e condições de pagamento. 

Também é fundamental garantir a estrutura necessária para atender aos clientes. Se você tem uma loja física, talvez seja necessário contratar mais funcionários para conduzir as vendas, operar os caixas e embalar os produtos. 

É importante ainda revisar o funcionamento de equipamentos eletrônicos, máquinas de cartões, sistemas de gestão, leitores de códigos de barras, entre outros. 

Por outro lado, se você tem uma loja virtual, garanta que o sistema do seu e-commerce possa processar o aumento no fluxo de vendas.

Leia também: Logística para e-commerce: 6 estratégias para tornar sua loja virtual mais eficiente

5. Boxing Day

Você já ouviu falar em Boxing Day? Essa pode ser uma ação interessante para vender mais no Natal. A data vem se popularizando como uma alternativa de vendas para os produtos que não tiveram saída nas vendas de fim de ano. A ideia é realizar um evento de liquidação dos produtos não vendidos. Se você tem interesse em realizar o Boxing Day, é preciso se planejar bem. Veja alguns pontos que você deve levar em conta:

  • Planeje o objetivo da ação: determine com precisão o objetivo que você deseja alcançar: dar saída aos produtos não vendidos? Abrir espaço para novas mercadorias no estoque? Atrair novos consumidores? 

A partir disso, determine o volume de produtos que você pretende vender e em quanto tempo. Com base nesses fatores, é possível definir quais produtos estarão em oferta e qual será a margem de desconto.

  • Defina estratégias: Depois de planejar os objetivos, planeje quais estratégias serão mais adequadas para alcançar sua meta. Existem várias estratégias de promoção. 

Você pode, por exemplo, oferecer descontos-padrão para uma categoria de produtos, reduzir os preços em toda a loja por um determinado período, dar cupons de desconto para itens individuais etc.

  • Custos: Antes de baixar os preços, é importante calcular a margem de lucro e ter em mente que outros fatores podem impactar no custo final. Isso garante que você não terá prejuízos com a promoção.
  • Comunicação e público-alvo: depois de definir objetivos, estratégias e custos, é hora de pensar qual será o público-alvo da sua ação e qual o melhor meio para chegar até ele. Você pode pensar em uma divulgação voltada para os seus atuais clientes baseada em e-mail marketing ou redes sociais ou investir em propaganda para atrair novos consumidores. 

6. Comece a vender pela internet

Neste fim de ano, pela primeira vez as lojas online empataram com as lojas físicas como local preferido dos consumidores para fazer as compras de Natal. A pesquisa de intenção de compras de Natal da CNDL e do SPC Brasil aponta que 41% dos consumidores pretendem adquirir produtos em lojas online em 2019.

Isso mostra que varejo está mudando e você também precisa mudar

Em 2019, o e-commerce brasileiro vivenciou sua maior expansão desde 2014 e a previsão é que em 2019 o volume de vendas pela internet tenha aumentado 16% em comparação com o ano passado.

Além de ser um setor em expansão, o e-commerce apresenta outras vantagens para o empresário, como menos custos operacionais e amplitude do mercado. Confira outras vantagens de migrar para o varejo digital.

Última Dica para vender no Natal

Se você se interessou e está pensando como integrar seu varejo físico ao digital? Então, você precisa conhecer o Nérus O2, um superhub que permite lojas físicas se tornarem lojas virtuais integradas automaticamente aos principais marketplaces do mercado, tudo isso sem precisar trocar seu sistema de gestão ERP atual.

Ou seja, menos custos, menos tempo para começar a operar e maior faturamento para seu negócio!

Quer saber mais?

→ Conheça o Nérus O2 ←

E se quiser conversar com nossos especialistas, preencha o formulário abaixo:

Fale Conosco

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Compartilhe

Higor Brion

Higor Brion é Coordenador de Marketing na Nérus

Todo o conteúdo de Higor Brion