Logística para e-commerce: 6 estratégias para tornar sua loja virtual mais eficiente

Logística para e-commerce: 6 estratégias para tornar sua loja virtual mais eficiente 600 350 Higor Brion

A internet está modificando a maneira como consumimos. Segundo pesquisa realizada pelo NZN Intelligence, 74% dos consumidores brasileiros preferem comprar pela internet do que ir a lojas físicas. E um dos grandes desafios do e-commerce no Brasil é garantir a logística adequada para atender a esses clientes.

Atraídos pelos bons preços, ampla variedade de produtos e pela comodidade, os consumidores estão também cada vez mais exigentes: querem entregas eficientes, rápidas e baratas. Por isso, uma logística bem planejada, além de evitar dores de cabeça, também garante a fidelização do cliente.

Então, confira 6 dicas simples que vão deixar a logística do seu e-commerce afiada!

A cadeia logística para e-commerce

Antes de comentar as estratégias, vale a pena reforçar o contexto dos processos da cadeia logística para e-commerce, como forma de garantir a relevância das dicas.

Bom, a logística no e-commerce pode possui vários gargalos, já que envolve uma série de processos complexos que organizam desde o estoque até o envio de um produto ou serviço comprado online.

Ou seja, é toda a “parte física” da loja virtual.

Não adianta ter um site bem elaborado, com um layout agradável e bons produtos e preços, se a mercadoria não chega de maneira eficiente ao consumidor.

Assim, é importante estar atento às etapas que fazem parte da cadeia logística do e-commerce:

  1. Recebimento da mercadoria;
  2. Armazenamento no estoque;
  3. Recebimento dos pedidos realizados através da plataforma;
  4. Verificação dos pagamentos efetuados;
  5. Separação do pedido no estoque e a devida conferência;
  6. Preparação da mercadoria para envio;
  7. Emissão das notas fiscais eletrônicas;
  8. Envio das mercadorias;
  9. Acompanhamento da entrega do pedido, gerando informação para o cliente

Conheça mais sobre os elementos que sustentam as lojas virtuais e como melhorar a cadeia logística do e-commerce, nesta palestra do Sebrae com Leonardo Neves:

https://www.youtube.com/watch?v=7gR-5MZPQU4&feature=youtu.be

Para otimizar essas etapas confira 6 estratégias de logística para e-commerce que vão alavancar o seu negócio.

1. Gerencie bem seu estoque

Diferente das lojas físicas, as lojas virtuais estão abertas 7 dias por semana, 24h por dia, e a relação entre a disponibilidade do produto e o cliente está mediada pelo catálogo da plataforma. Por isso, ter uma gestão eficiente e manter o estoque atualizado é crucial.

O objetivo é fugir de 2 situações complicadas: uma alta repentina na procura por produtos que você não tem no estoque ou um excesso de produtos armazenados que não tem saída.

As 2 situações significam prejuízos financeiros. O ideal é saber como planejar o estoque e prever corretamente a demanda de acordo com cada época do ano. Datas comemorativas como Natal e Dia das Mães, por exemplo, apresentam um aumento na procura de mercadorias.

Para isso, busque utilizar ferramentas adequadas que ajudam a gerir o controle das entradas e saídas dos produtos, O Nérus O2 pode te ajudar nisso!

Veja também: Como calcular giro de estoque e a importância desse indicador

2. Planeje a forma de entrega dos produtos

Entregar a mercadoria de maneira eficiente, rápida e barata é um dos grandes desafios da logística para e-commerce.

Existem basicamente 3 maneiras de fazer entregas:

  • Correios: a empresa tem abrangência nacional e grande confiança da população em geral, além de preços competitivos. A desvantagem é o limite nas dimensões (2 metros de perímetro e 30kg de peso), além de estar sujeita a greves, já que é uma empresa pública. Os Correios te dão a opção de fazer um contrato de prestação de serviços que garante uma série de vantagens e descontos nas entregas. Eles disponibilizam ainda um sistema de uso próprio, o SIGEP WEB, que permite gerenciar todas as postagens.
  • Transportadoras: por se tratar de empresas privadas, essa opção te garante mais estabilidade. Além disso, não tem limitações quanto ao peso ou ao tamanho. Entretanto, o possuem um custo mais alto.
  • Sistema próprio: se o seu atendimento é regionalizado, utilizar um automóvel próprio ou ainda um serviço de motoboys pode ser vantajoso. Manter a sua própria frota de veículos, caso você tenha demanda, também pode ser interessante financeiramente, mas exige ainda mais planejamento e uma gestão da frota.

O ideal é ter mais de uma opção de entrega, assim você não fica refém de uma só solução. Para ter ainda mais segurança que o produto vai chegar são e salvo nas mãos do cliente, você pode contratar seguro junto à transportadora, colocando o produto sob sua responsabilidade em caso de roubo ou extravio.

3. Trabalhe com prazos realistas

Se você está começando, pode ser difícil competir com os prazos de entrega de grandes varejistas. Mas o melhor é passar para o cliente uma previsão realista, que você possa cumprir. Poucas coisas geram tanta insatisfação e insegurança que um atraso na entrega do produto comprado.

Outra boa dica é permitir que o cliente rastreie os pedidos e entenda em qual etapa do processo de envio seu produto está. Enviar e-mails de atualização do status de entrega e avisar com precisão a data da chegada da entrega também são estratégias que garantem a fidelização do comprador.

4. Disponibilize a logística reversa

A logística reversa é a possibilidade oferecida pela loja virtual de que o cliente devolva o produto caso não era o que ele esperava ou haja algum problema. A devolução do produto e o ressarcimento do valor são direitos previstos pelo Código de Defesa do Consumidor. Entretanto, é importante que o cliente entenda que a preocupação com a satisfação do comprador e a qualidade da venda são valores importantes para sua loja virtual.

A legislação prevê que é responsabilidade do e-commerce atender a essas solicitações e cobrir os custos dessa remessa. Por isso, é importante planejar como o procedimento deverá ser feito de forma rápida e prestativa.

5. Acompanhe indicadores de performance

Para entender e aprimorar a logística para e-commerce é fundamental medir os resultados das suas ações. Assim, você vai saber o que está funcionando e o que precisa ser modificado. Para isso, há uma série de métricas e indicadores de logística, conhecidos também como KPIs.

São vários os indicadores possíveis de serem medidos, você precisa escolher os mais relevantes para o seu negócio. Alguns pontos que você pode monitorar são:

  • Índice de avarias no transporte;
  • Custo do transporte sobre as vendas;
  • Taxa de devoluções; e
  • Índice de atrasos nas entregas

Leia ainda: O que é Sistema Integrado de Gestão Empresarial? Saiba tudo sobre ele!

6. Integrar a loja virtual à loja física

À medida que a sua empresa cresce, a gestão de logística se torna cada vez mais complicada. Um dos maiores desafios nessa jornada é integrar o varejo físico com o digital.

Por isso, uma solução encontrada por muitos varejistas para resolver a integração do negócio é ter um sistema de ERP customizado para a operação específica.

O Nérus, por exemplo, é um empresa especializada em software de gestão de varejo e pode ajudar sua empresa nesse desafio.

Com o Nérus, sua empresa controla de maneira mais fácil as informações sobre gestão financeira do varejo, estoques, entregas, vendas e muito mais!

Tudo certo para melhorar a logística do seu e-commerce?

O que achou das nossas dicas para melhorar a logística do seu e-commerce?

Qual delas faz mais sentido na sua operação?

Mas, se seu desafio ainda for iniciar a operação no varejo digital, temos uma boa notícia para você.

O Nérus O2 é um superhub que permite lojas físicas se tornarem lojas virtuais integradas automaticamente ao principais marketplaces do mercado, tudo isso sem precisar trocar seu sistema de gestão ERP atual.

Ou seja, menos custos, menos tempo para começar a operar e maior faturamento para seu negócio!

Quer saber mais, entre em contato com nossos especialistas. 

Fale Conosco

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Compartilhe

Higor Brion

Higor Brion é Coordenador de Marketing na Nérus

Todo o conteúdo de Higor Brion