comissão marketplace

A comissão do Marketplace faz sentido para o varejista físico?

A comissão do Marketplace faz sentido para o varejista físico? 600 350 Cléber Piçarro

Frequentemente ouvimos de nossos clientes: “não vou entrar no marketplace. Não faz sentido pagar essa comissão”. Em grande parte eles tem razão. É muito difícil para um varejista físico, com redes de lojas, pensar numa estratégia multicanal apenas usando marketplaces. 

Porque? simples, a comissão do marketplace é muito alta e, o mais importante, no final, o cliente é do marketplace. Sim, ele fez quase todo o trabalho de captação do cliente. E esse trabalho é bem grande.

Mas, ainda com todos esses contras, vale a pena para o varejista físico pagar a comissão do marketplace? Acompanhe este texto e veja porque a resposta é sim.

Como funciona a comissão do marketplace?

Vamos lembrar o que é o marketplace: é um shopping center virtual. Ele reúne diversas lojas com uma infinidade de produtos em um só lugar e cobra pelos seus serviços uma tarifa. A comissão do marketplace funciona da seguinte forma: a cada venda é cobrado do lojista um percentual pela negociação fechada dentro da plataforma. 

Em geral essa taxa por venda vai de 10% a 16% em média para a maioria dos marketplaces do país. É importante entender que esse valor não inclui apenas os custos de venda. Além da taxa administrativa da operação, a comissão dos marketplaces engloba, além da taxa administrativa da operação, recursos de geração de mídia online, análise de fraude, taxas cobradas por operadoras de cartão, entre outros.

Leia também: 5 dicas de gestão para e-commerce varejista

O marketplace vale a pena?

Levando em conta que o marketplace é um shopping center virtual, vamos pensar rapidamente em tudo o que eles têm que fazer para funcionar: 

  • plataforma digital, 
  • infra-estrutura computacional, 
  • marketing digital
  • SEO
  • meios de pagamento, 
  • anti-fraude, 
  • logística de transporte em alguns casos, 
  • apoio para integração, 
  • gestão mix, etc. 

Isso dá trabalho, é caro e toma muito tempo. Por isso, os pontos acima justificam os valores altos da comissão do marketplace. Mas, então, será que existe algum benefício para o varejista em usar essas plataformas?

Vamos lá. Se você for utilizar apenas uma plataforma de e-commerce própria (VTEX, Magento, Rakuten, JN2, Jet, etc), terá que cuidar de todos os pontos acima. Além disso, é importante lembrar que existe o momento “depois da venda”. Isso mesmo, vender no digital é apenas uma parte. 

Você terá que receber os pedidos, separar os produtos, conferir, faturar, embalar, remeter, acompanhar, etc. Ou seja, a venda é uma parte importantíssima mas não é a única no varejo digital. E, se você quiser ter um futuro promissor no mundo online, ainda terá que pensar na integração com seu ERP legado para evitar um trabalho ainda maior. 

Para entender melhor o que são os marketplaces, veja este vídeo:

Marketplace: porta de entrada para o varejo digital

Qual a nossa visão: o processo de inovar e ir para o digital tem tarefas que são chave, como vender, faturar, remeter, integrar com um ERP Omnichannel, etc. Se você está começando, pagar a comissão do marketplace talvez seja o mais sensato. E sim, pode até sair mais barato

Pagando as tarifas do marketplace e aderindo a esse tipo de plataforma, você pode começar rapidamente a vender sem grandes investimentos, pode exercitar uma série de estratégias de vendas (Ponta de Estoque, Produtos Próprios, Pickup-in-store ou receber na loja, etc) e aprender em muito menos tempo a fazer o digital rodar integrado com o suas lojas. 

Além disso, você pode também captar clientes online que hoje não vão às suas lojas e, nesse caso, terá apenas o trabalho de cadastrar esses novos clientes aos quais você não teve acesso antes. É experimentar, aprender e crescer. 

Depois você pode colocar uma plataforma própria de e-commerce para rodar junto com o marketplace, seja o Mercado Livre, B2W, Magalu, Amazon, etc. E nisso nós podemos te ajudar!

Boas-vindas ao Marketplace com o Nérus O2

O Nérus O2 é uma plataforma de integração omnichannel que funciona como hub de integração de marketplace, hub de e-commerce e integrador de ERP que permite lojas físicas se tornarem lojas virtuais integradas aos maiores marketplaces do brasil, sem trocar de software de gestão para varejo ou plataforma de e-commerce.

Gerencie seu estoque físico e virtual de forma integrada e suas vendas omnichannel de forma centralizada.

Assim, você digitaliza seu varejo, reduz custos operacionais e aumenta seu faturamento de forma prática e segura!

→ Conheça o Nérus O2 ←

Para mais informações, preencha o formulário abaixo e receba uma avaliação gratuita dos nossos especialistas!

Fale Conosco

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Compartilhe