para que serve o business intelligence

O que é, para que serve business intelligence e como ela pode alavancar a sua empresa

O que é, para que serve business intelligence e como ela pode alavancar a sua empresa 608 405 Leonardo Dicker

para que serve business intelligence

Os desafios do empreendedorismo no século XXI deve buscar sempre se integrar a um mercado dinâmico e globalizado, onde o consumidor tem cada vez mais informação e está a cada dia mais exigente.

Por um lado o avanço da tecnologia aumenta a pressão sobre a eficiência e a competitividade. Por outro, disponibiliza ferramentas de gestão que elevam o desempenho das empresas a um patamar inimaginável antes da computação e da internet.

Neste artigo, falaremos sobre um conjunto de técnicas chamado de inteligência de negócios ou business intelligence (BI). Assim, você via entender tanto o que é business intelligence, qunato para que serve o business intelligence.

Essas técnicas tem ajudado empresários mundo afora a tomar decisões mais informadas na gestão de seus negócios.

Mas você sabe mesmo o que é business intelligence?

Afinal, o que é e para que serve o business intelligence, ou inteligência de negócios?

É fácil entender o que é business intelligence:

A inteligência de negócios pode ser entendida como um conjunto de ferramentas voltado a colher informações em seu estado bruto para transformar em algo que tenha um significado e possa ser útil, principalmente para a análise administrativa.

A tecnologia associada a o que é BI na prática, é capaz de trabalhar com uma grande quantidade de dados – sem qualquer tipo de estrutura ou padrão – sistematizando-os para que eles se tornem relevantes e úteis.

Assim, essas informações podem ser utilizadas para identificar oportunidades e implementar estratégias.

Desse forma, se gera um diferencial competitivo no mercado e maior estabilidade a longo prazo.

Ficou claro para você o que é business intelligence?

Como funciona o BI na exposição de produtos

A partir de uma análise de dados internos, um estabelecimento comercial pode começar a estabelecer correlações e paralelos entre o volume de vendas e o local específico em que cada produto é exposto ao público.

É claro que, no curto prazo, as conclusões podem não ser cristalinas. Já que o volume de vendas é influenciado por fatores internos e externos ao empreendimento.

Exemplos desses fatores são as crises econômicas e disponibilidade de crédito.

A longo prazo, a tendência é que a empresa conquiste um grau de conhecimento capaz de maximizar seu potencial. E isso dificilmente poderia acontecer através da mera observação a olho nu.

Exemplos de BI na precificação e nos produtos

Para estabelecer o preço de determinado produto ou precificar um serviço também é necessário analisar uma série de dados internos e externos.

Temos que saber até quanto os nossos clientes estão dispostos a pagar. E, claro, quanto nossos concorrentes têm cobrado pelo mesmo produto ou por produtos semelhantes.

Do ponto de vista interno temos que saber qual é o custo do produto final, incluindo transporte e armazenamento.

Com informações de qualidade em mãos, podemos tomar decisões importantes e conhecer a viabilidade e o potencial ao desenvolver novos produtos.

Isso é importante, pois pode evitar que a empresa invista em um produto inviável do ponto de vista econômico, ou que descubra novas oportunidades para produtos com grande potencial.

Business intelligence é uma novidade?

Agora que  você já sabe para que serve o business intelligence, é hora de se aprofundar em suas carcaterísticas.

Leve em conta que por mais que o termo “inteligência de negócios” tenha surgido a partir da década de 80, seu conceito já vem sendo empregado há muito tempo em ambientes competitivos, nos esportes e na guerra.

Grande prova disso é que o filósofo chinês Sun Tzu já enfatizava, em 500 a.C., a importância do autoconhecimento e de se estudar os pontos fortes e fracos dos inimigos.

O assunto voltou à tona porque a tecnologia de hoje permite a criação de grandes bancos de dados. Além do processamento da informação em uma velocidade incrível.

Não apenas o preço e a exposição de produtos fazem parte desta dinâmica. Mas também uma série de outros quesitos tanto no plano operacional, como no plano estratégico da organização.

Isso fez com que este conhecimento, ou inteligência, fosse potencializado. Permitindo que a empresa se destaque da concorrência e aumente sua margem de lucros e presença no mercado.

E então, ficou claro para você para que serve o business intelligence? Ainda tem alguma dúvida sobre esse assunto? Escreva para nós através dos comentários!


Leia também: Sistema Integrado de Gestão Empresarial, tudo que você precisa saber para implementar

O Nérus é um sistema ERP para varejo que auxilia na gestão dos negócios e na tomada de decisão. Baseado na nuvem e com diversas funcionalidades exclusivas, ele tem um excelente custo benefício.

Compartilhe