Cansado do governo? Tome uma atitude!

Cansado do governo? Tome uma atitude! 600 300 Marcos Nannetti

Ontem foi o dia do panelaço, da revolta com o governo e uma reposta da população brasileira que se mostra cansada com tudo que acontece. Do ponto de vista empresarial, vejo que nós empresários temos aceitado tudo que o governo faz e não reclamamos de nada. Os impostos só crescem e a maneira de calcular corretamente os impostos fica cada vez mais complexa.

Em 1986, a alíquota interna de ICMS era de 17% para a grande maioria dos produtos, e a alíquota externa era 12% para sul e sudeste e de 7% para o nordeste. A regra era bem simples, clara e com muito poucas reduções de base e de alíquota, coisa muito pontual. Assim sem computador,  com apenas uma calculadora com três memórias, qualquer um podia aprender a calcular o imposto em pouco horas de treinamento. Hoje, se mandarmos nossas notas fiscais de entrada e saída para três contabilidades diferentes, e pedirmos para que eles nos enviem a guia de ICMS, acredito que cada uma apareça com um valor diferente e talvez nenhuma  das contabilidades tenha 100% de certeza da guia estar certa ou errada.

Queira você ou não, esse é o sistema que estamos inseridos, e é nesse ambiente que temos de sobreviver. Então, você empresário que paga as contas desse país e que gera empregos, eu faço uma pergunta: o que você pode fazer para mudar esse sistema?

Pensar em você mesmo

Em primeiro lugar, sugiro você pensar em você mesmo. Não, isso não é egoísmo, é sobrevivência.  Lembra quando as aeromoças demostram o uso da máscara de oxigênio antes do voo começar? Elas dizem: “Em caso de despressurização máscaras individuais de oxigênio cairão automaticamente. […] auxilie crianças ou pessoas com dificuldade somente após ter fixado a sua”. Para você poder ajudar o Brasil, primeiro você precisa estar vivo.

Então para ficar vivo, esqueça o seu contador e contrate um excelente advogado tributarista. Com todo respeito aos contadores sérios que existem pelo Brasil, a grande maioria deles não é paga para entender a fundo o seu problema e reduzir os seus impostos. Na dúvida, eles preferem que você pague mais, mas que não tenha surpresas desagradáveis e nem problemas com o fisco. Somente um excelente advogado tributarista, que conheça e estude o seu negócio a fundo, poderá lhe orientar em como fazer para pagar menos impostos e ainda assim ficar 100% quites com o governo. Veja, esse é um trabalho essencial para a sobrevivência de sua empresa, visto que hoje a carga tributária está em torno de 40% do PIB no Brasil. Nada lhe dará mais retorno do que esses investimento, acredite em mim.

Já sei, você pensou que não precisa disso pois você sonega, correto? Amigo, com o SPED e a nota fiscal eletrônica isso já acabou no Brasil, se você ainda está pensado assim, sugiro colocar as barbas, e o seu patrimônio, de molho!

Agora que você já resolveu a sua nova estrutura tributária. Pense em adquirir um ERP que irá lhe suportar e tornar realidade tudo aquilo que o seu advogado planejou.  Agora sim, é a melhor hora para você chamar o seu contador e lhe apresentar o novo plano de trabalho: estrutura tributária nova e ERP novo.

Está na hora de você ajudar a sociedade

Em segundo lugar, depois que você cuidou de você, de sua empresa e de sua família, está na hora de você ajudar a sociedade e se juntar as diversas entidades de classe que lutam pelos seus direitos. Eu sei que você vai falar que elas não lutam pelos seus direitos, e sim pelos direitos dos diretores e presidentes que estão lá de permanecerem no poder. Sim, isso também é verdade, mas só com a sua participação é que esse quadro vai mudar, portanto pare de chorar e vá para dentro de uma associação, questione, cobre e tente mudar! Vai ser difícil, mas é este o caminho. Lembre-se: agora você pode questionar, pois está pagando 100% dos impostos devidos, não existe mais telhado de vidro!

Use a sua rede de relacionamentos para influenciar as decisões

Em terceiro lugar, use a sua rede de relacionamentos para influenciar as decisões em favor de melhoras que você julga importantes! Fale, escreva, participe! O Brasil precisa de todos os empreendedores de plantão para que possamos avançar!

E você? O que acha que podemos fazer para mudar essa realidade?

Compartilhe conosco!

Compartilhe