nerus
Área do cliente

Como divulgar meu e-commerce para diminuir minha dependência dos marketplaces e vender mais?

Como melhor divulgar meu site e vender mais

Divulgar o e-commerce, diminuir a dependência dos marketplaces e vender mais é um assunto recorrente em conversas com prospects e clientes. Assim, muitas pessoas se perguntam "como faço para diminuir a minha dependência dos marketplaces?". Afinal, com 78% do mercado de e-commerce passando pelos marketplaces, é importante para varejistas estarem lá. Porém, não se pode depender excessivamente deles. O seu e-commerce precisa funcionar e vender mais também.

Hoje, é importante reaprender a vender os produtos e serviços em outros canais digitais. Desta forma, encontramos entre eles: e-commerce, redes sociais e, também, canais de comunicação como o Whatsapp. Para uma divulgação assertiva, que faça as pessoas decidirem pelo seu produto, é importante voltar e analisar os passos necessários para uma publicação eficiente e que seja capaz de vender mais.

Para isso, separamos algumas dicas que irão te ajudar. Vamos lá?

Dicas para divulgar seu e-commerce e vender mais

Primeiro, é preciso analisar os fundamentos do marketing e se perguntar:

  • Para quem eu vendo?
  • Qual problema eu resolvo?
  • Qual a jornada que essa pessoa percorre para resolver o problema?

Esses são passos importantes na estratégia de vendas dos e-commerces e demais canais digitais. Porém, além deles, há outros importantes como definição da persona, identificação do problema e conhecimento da jornada de compra.

Persona

O mais importante, em qualquer processo de venda, é entender profundamente quem é o cliente.

Cícero, um dos mais brilhantes oradores na Roma antiga, já dizia “para tocar o coração de um homem é preciso pensar com ele pensa, compartilhar os mesmos sentimentos e falar o seu vocabulário”. Em outras palavras, é preciso entender e saber traduzir o que se passa na mente do seu consumidor quando ele precisa resolver um problema. Além disso, é necessário saber como os seus produtos ou serviços podem ajudar na resolução de tais problemas.

Assim, você conseguirá criar condições para influenciar e guiar as decisões do consumidor. Além disso, também irá saber se posicionar corretamente nos canais onde a sua audiência está.

Se anteriormente o foco do varejo físico era no produto, no varejo digital, o foco passa a ser no cliente. Entretanto, muitos dos varejistas ainda não despertaram para essa mudança na maneira de atender os novos consumidores. Muitas empresas ainda não possuem um mapa do cliente. Esse mapa traça o perfil físico e psicológico, a maneira de pensar, comportamento de compra e quais as necessidades específicas o cliente busca.

Sem este mapeamento, dificilmente é possível criar estratégias que funcionem e vão de encontro aos anseios da empresa.

O Problema

Ao vendermos um produto para o cliente, é preciso ter em mente que aquela compra irá resolver uma dor dele. Assim, o cliente não está comprando apenas o produto ou serviço. Ou seja, ele está consumindo o que o produto ou serviço pode fazer para resolver seu problema naquela determinada situação.

Portanto, entender os problemas que a sua empresa ajuda a resolver, é uma forma de entender ainda mais sua persona. Somente assim, conseguiremos auxiliar a empresa na geração de resultados desejados.

O segredo é se posicionar como um especialista na detecção do problema e apresentar as possíveis soluções para as questões levantadas. Assim, quando o prospect pesquisar sobre o assunto, ele terá grandes chances de conhecer sua empresa e como ela resolveu os problemas parecidos com o que ele está passando.

Jornada de compra

Identificar qual ou quais comportamentos são mais usuais, baseados no perfil do seu cliente, é primordial para que se consiga ser percebido por ele como um possível fornecedor. Existem quatro fases no processo de jornada de compra dos consumidores:

  1. Fase de descoberta (não sabe que o problema existe);
  2. Reconhecimento do problema (sabe que existe, mas não sabe como pode solucionar);
  3. Problema se torna urgente (avalia as maneiras como problema pode ser solucionado);
  4. Tomada de decisão de compra (escolhe a melhor opção de solução disponível).

Entender exatamente como sua empresa pode agir em cada uma destas fases e se posicionar como autoridade nos problemas que seu produto resolve é função prioritária do marketing de sua empresa. Afinal, é assim que você vai criar relacionamento com seus potenciais clientes. Além disso, é desta forma que seu e-commerce pode vender mais e entender em que fase da jornada de compra seu cliente está.

Seguir os passos acima é o caminho para que seu e-commerce mantenha-se vivo e possa ser sempre lembrado pelos clientes na busca pelos produtos e serviços que irão solucionar sua dor.

Assine nossa Newslatter

Assine nossa Newsletter

© 2021 Nérus. Todos os direitos reservados - .
cross