Digitalização de vendas em tempos de Covid-19! O que mudou?

Digitalização de vendas em tempos de Covid-19! O que mudou? 600 350 Cléber Piçarro

Digitalização de vendas em tempos de Covid-19! O que mudou?

Primeiro o óbvio: a urgência, é claro! Antes do Covid-19 nossa estratégia estava orientada para uma integração entre o físico e o digital mais gradual. Ou seja, ao invés de corrermos para implementar, queríamos muito discutir a estratégia e a visão de longo prazo da empresa com a qual estávamos lidando. Depois dessa avaliação criteriosa, era organizado um plano de médio e longo prazo com passos bem dados. Hoje a urgência ganhou a prioridade.

Vou fazer uma analogia para explicar: imagine um restaurante. Antes o cliente entrava no restaurante e pedia o cardápio. A ideia era pedir uma refeição com entrada, prato principal e sobremesa, de preferência acompanhada de um bom vinho. Algo para ser degustado com calma. Depois do Covid-19, o cliente entra e pede: “me dê o prato executivo do dia! E rápido… Estou com fome e com muita pressa”!

Bom, vamos aos fatos. O contexto mudou muito e nenhuma empresa seja de varejo, distribuição ou indústria pode se dar ao luxo de ficar longe da venda digital (e-commerce e marketplace). Sejam em projetos B2B ou B2C, a velocidade se tornou crítica. Contudo, mantemos boa parte da nossa orientação anterior: comece rápido (muito rápido agora) e avance em etapas com cuidado. Não queremos clientes frustrados achando que no dia seguinte vão vender tudo que estavam vendendo no mundo físico. Processo ainda é gradual. Existe um aprendizado e deve ser respeitado. Contudo, pode ser feito mais rapidamente. Repetindo a analogia acima, hoje entregamos um “prato executivo” mais completo. Matamos a fome do cliente e também começamos o aprendizado mais rapidamente.

Entendemos  que  todo cliente deve começar, desde do 1º dia integrado com seu ERP (TOTVS Protheus ou Sênior por exemplo), com uma loja digital própria básica (e-commerces como JN2, Simplo7, Loja Integrada, MercadoShops são boas opções) e com pelo menos com 1 ou 2 marketplaces (Mercado Livre, B2W, Magalu, Amazon são ótimas opções). Os marketplaces vão gerar vendas de curto prazo e ajudar muito no processo de aprendizado. Contamos também com alguns “sommeliers” de primeira: parceiros de consultoria, e-commerce, marketplaces etc. Juntos, ajudamos muito mais que sozinhos.

Gostou deste artigo e tem interesse em seguir se atualizando com conteúdos relacionados? Siga a Nérus nas redes sociais e fique por dentro das nossas novidades. Estamos no FacebookInstagramLinkedIn e Youtube.

Artigo escrito por: Cleber Piçarro

Leia também:

✔ Dicas para minimizar o impacto do Covid-19 no seu e-commerce

 A importância do Fulfillmente no e-commerce

 Como o Nérus O2 e o Nérus ERP podem ajudar você a vender e lucrar mais

✔ Como Nérus ERP e O2 podem ajudar a implementar as estratégias digitais

✔ Quais os diferenciais do Nérus O2 para integrar ao seu ERP

✔ Números do e-commerce no Brasil em 2019

✔ Como ir para o e-commerce e para o omnichannel com a Nérus

Quer saber mais sobre o Nérus O2 e o Nérus ERP, preencha o formulário abaixo e nossos especialistas entrarão em contato com você.

Fale Conosco

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

 

Compartilhe